Google? Redes sociais? Por onde começar a divulgação de marketing digital da sua empresa?

pequenas empresas Jan 19, 2021

Investir em marketing digital para pequenas empresas é um processo que deve estar na agenda de todo empreendedor atento às tendências do mercado digital, principalmente para se destacar na Web diante de seus concorrentes.

Dados da pesquisa TIC Domicílios 2019, publicada pelo Centro Regional para o Desenvolvimento de Estudos sobre a Sociedade da Informação (Cetic), órgão vinculado ao Comitê Gestor de Internet no Brasil, apontam que o País possui 134 milhões de usuários ativos na Internet, uma média de 3 a cada 4 brasileiros.

Ou seja, o público-alvo e a persona (personagem fictício do seu cliente ideal, baseado em histórias reais, motivações, desejos e preocupações) do seu negócio estão ativos na rede e aptos para comprar produtos, assinar serviços e se divertirem com os amigos. Logo, toda a sua estratégia de negócios deve migrar para o digital, independente do seu nicho de mercado.

Muito antes da pandemia do novo coronavírus, que assolou o mundo em 2020, notou-se uma mudança de comportamento do consumidor moderno. Hoje, nós escolhemos o que assistimos, ouvimos e assinamos, graças a Internet.

Além disso, o uso de smartphones é uma febre mundial na atualidade. Ou seja, antes de comprar um produto ou assinar um serviço, os usuários pesquisam avaliações e informações a respeito através do seu celular, enquanto estão na rua, propensos a visitar um estabelecimento naquele exato momento.

É o que afirma a pesquisa feita pelo SEO Tribunal, constatando que 97% dos internautas buscam referências sobre estabelecimentos e serviços, tanto quanto a opinião de um amigo íntimo.

E como os internautas conseguem informações a respeito de empresas e serviços de interesse? Através de uma eficiente estratégia de marketing digital que a sua empresa faz, com investimentos em blog, tráfego orgânico e SEO Off-Page.

Tudo isso parece linguagem de outro mundo, não é mesmo? Mas relaxa, que ao longo deste post você entenderá as principais técnicas de marketing digital para conquistar e converter clientes!

Fique conosco e entenda, em detalhes, como funciona este processo.

Marketing Digital para Pequenas Empresas: o conceito

Marketing Digital para pequenas empresas consiste em trazer notoriedade e autoridade a elas dentro da Internet, com estratégias para geração de tráfego orgânico, mídias sociais, e-mail marketing e outras formas de conteúdo.

Acredite: um pequeno estabelecimento de bairro, um curso online ou uma loja de e-commerce pode fazer tanto sucesso e grandes conversões quanto as grandes marcas consolidadas. Achou exagero? Não é.

Com a chegada do Marketing de Conteúdo, que é um processo natural desenvolvido pelo mercado ao longo do tempo, o consumidor obteve a chance de escolher o que comprar, ao invés de receber milhares de anúncios e incessantes intervalos comerciais de produtos que pouco tinham a ver com as suas necessidades.

Um dos pioneiros do Marketing de conteúdo é o norte-americano Seth Godin. Ainda em 2008, o autor e empreendedor já falava publicamente que “seria necessário acabar com a mentalidade vigente no marketing tradicional, da era do jornal, televisão e rádio, onde os anúncios eram como que ‘empurrados’ para o consumidor.”

Ou seja, o marketing digital e de conteúdo é um processo viável para pequenas empresas, pois permite que se ofereçam soluções personalizadas e mais suscetíveis ao “sim”, ao contrário do disparo aleatório de anúncios.

Veja abaixo algumas das principais características que tornam o Marketing digital para pequenas empresas um processo financeiramente viável.

É possível mensurar dados

Em marketing, é possível mensurar todos os dados. E quando falamos todos, são todos mesmo!

Ou seja, se antigamente agências de publicidade e empresas “imaginavam” ou ditavam a postura de seus clientes, hoje é possível saber se uma campanha funciona ou não, através do comportamento do usuário e sua jornada de compra.

Com isso, é possível investir no que dá certo e descartar o desperdício de dinheiro, obtendo melhores cálculos de ROI (Return Over Investment, ou Retorno sobre Investimento) e o CAC (Custo de Aquisição por Cliente).

Segmentação possível e viável

Imagine, por exemplo, que você deseja iniciar uma campanha de vendas para jovens entre 24 a 35 anos, residentes no bairro da Lapa, em São Paulo, que praticam futebol, são amantes de esportes e querem se manter sempre em forma.

Hoje, é possível realizar este tipo de campanha, uma vez que tornou-se possível separar os leads (oportunidades de negócio) conforme seus interesses, gostos, anseios e dores.

Entenda: o Marketing de Conteúdo trabalha, essencialmente, com a resolução de problemas e vontades do consumidor.

Desta forma, a empresa consegue melhor engajamento com o seu cliente, conseguindo por meio da permissão passiva informações interessantes sobre o seu comportamento de compra, o que ele ama e odeia na sua empresa, como fazer para mantê-lo fiel, etc.

Os clientes vem até você, e não o contrário

No Marketing Digital, a atração de clientes por empresas é gratuita e passiva.

Ou seja, ao realizar estratégias de tráfego orgânico, com blogs, disparo de boletins por e-mail, anúncios e compartilhamento de conteúdo nas mídias sociais, os próprios clientes vêm até você a um custo baixíssimo ou nulo.

Fidelização de clientes

Com o marketing digital, é possível mapear a buyer-persona (cliente ideal) e qualificá-la. Porém, é muito importante que a empresa também encontre meios de fidelizar este novo consumidor, estabelecendo um vínculo com ele para manter a relação.

Logo, é possível adotar técnicas preciosas no pós-venda, como disparo de e-mails com cupons de desconto, ofertas especiais, saldões, etc. Com isso, os próprios clientes fazem a divulgação espontânea do seu negócio, colaborando com a expansão e captação de mais clientes.

Custo de implantação mais barato

Como todos nós sabemos, ter 30 segundos de anúncio em um canal de televisão aberto, ou página dupla em uma revista de grande circulação custa muito dinheiro. E, nem sempre, podemos calcular um bom ROI.

Com o Marketing Digital, a situação se inverte: as ferramentas para desenvolver uma estratégia são acessíveis a todos os públicos, desde servidores de hospedagem, ferramentas de automação de marketing e mensuração de dados.

Ou seja, os seus investimentos são menores, com rentabilidade altíssima, uma vez que o tráfego orgânico pode ocasionar uma venda a cada 3 segundos.

Como a Dinie pode ajudar no Marketing da sua empresa?

A Dinie é uma empresa que oferece soluções de crédito para empresas, de forma desburocratizada, simples e rápida.

Com isso, é possível tirar aquele projeto do papel que você tanto sonhou, e partir em busca de seus objetivos e expectativas.

A Dinie ocupa hoje um importante papel no mercado, não apenas por ajudar a impulsionar a economia brasileira, mas também por proporcionar uma experiência focada em auxiliar o pequeno e médio empreendedor.

Entre em contato conosco hoje mesmo e veja as soluções disponíveis para que seu negócio invista em marketing digital.

Etiquetas